25 de janeiro de 2013

O Que Cabe em Meu Silêncio



Foi transmissão de pensamento...
E quando o telefone tocou,
Tocou junto, porém em ritmo acelerado,
Meu coração e tudo que tenho no íntimo
... E eu precisei disfarçar,
Calar essa minha opção insana,
Aparentemente injustificável 

Ouvir sua voz foi sem descrição 
Não há palavras que possam conter 
Tudo que cabe dentro do turbilhão 
De sentimentos que povoa aqui. 
Que habitaram ali naquele instante 

Talvez esse aperto no peito seja o desejo 
Que teimo debalde em calar. 
A vontade oculta de ao menos uma vez 
Deixar de fugir e me entregar 
Ao anseio persistente de lhe ter comigo. 

E eu não consigo dizer ao certo o que senti 
Mas queria eternizar cada instante 
Fiquei mesmo sem reação 
E um simples 'oi' pareceu-me uma tarefa difícil 

Foi silêncio o que conseguir oferecer 
Porque envolto aquela sensação 
Havia uma magia que fazia de mim 
Bem menos do que consigo ser 

Mas não falo de valores 
Afirmo sim das forças que sei que possuo 
Para esquivar-me de todo e qualquer querer. 
Mas simplesmente estava além do meu desejo. 

Se pudesse me ver, 
Veria em meus traços a entrega completa do meu corpo, 
Teria então todo o meu ser inteiramente desarmado ali 
Ofertado a esse som suave do outro lado da linha 
Que fazia desta que lhe escreve, uma escreva. 

Ainda esse som, era a mim mais afável 
Que a mais bela melodia, e assim poderia passar horas: 
Eu na proteção do meu silêncio 
E ele ali destilando palavras harmoniosamente 
De forma a ter sem saber 
Completo controle sobre meu pensamento... 




8 comentários:

  1. Respostas
    1. Entendo... sei quantas palavras podem caber dento de cada reticência!!!

      Excluir
  2. É tão profundo que meu cel quase não conseguiu compartilhar

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Excelente, não tenho palavras!

    ResponderExcluir
  4. Nayane,

    Ficou muito bonito. Vc consegue falar destas dores do amor com certa beleza e sem pieguice. Gostei do "debalde" acho importante provocarmos quem lê a buscar um pouco. Depois de uma passada em seus hotmail, pois deixei uma sugestão lá.

    Espero que goste.

    ResponderExcluir