3 de abril de 2013

Súplica



Imagem - Katia Almeida

Uma música para acompanhar a leitura...


Quase que de forma desesperada meu coração súplica: deixe-me te amar 
Num suspiro longo e profundo desejo a eternidade que me prometes. 
Sonho com os planos que fazes e construo assim nossa vida. 

Apenas não faça-me sofrer mais do que seja necessário... 
Que os dias se tornem afáveis como suas palavras 
E que meu coração encontre a calma que desejamos. 

Que esse suspiro seja o princípio de muitos 
E que teu amor preencha o vazio que há muito habita meu ser 
Que traga calmaria a esses ventos gélidos vindos do passado. 

Que cada dia permaneça a crescer este carinho que brota aqui dentro
Que essa saudade branda me visite sempre que sua ausência fizer presente 
Mas que ela seja curta pra que eu desfrute ainda mais de seus carinhos 

Que o aconchego dos braços que me ofereces proteja-me do medo
Cale os pesadelos que rondam meu presente 
E encha ainda mais de sonhos esses meus olhos apaixonados. 

Que a eternidade seja curta pra justificar todo amor 
Que o perdão seja abundante para fazer insignificante nossa imperfeição 
Que haja o dobro da paciência que preenche nossa conquista 

Que eu possa cada dia cumprir suas expectativas e saciar nossos desejos
Que me torne pra ti o complemento que falta em nós dois. 
Seja dos sonhos, a mais doce realidade, você meu ‘urso’, e eu tua eterna enamorada.

Portanto, que sejas assim, pra sempre 'eu e você'
Como o pedaço que preenche o vazio
O final que dê real sentido ao início de uma amor sem fim...


Imagem - Alexandra Schutz




20 comentários:

  1. Nossa que mudança. Legal ver um outro lado em suas palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs Obrigada Hugo, como te disse, era só fome... Jantei e passou! rsrs

      Excluir
  2. Bonitas palavras. O amor é algo abstrato, mas que preenche a vida das pessoas.
    Um carinhoso abraço!

    ResponderExcluir
  3. Me gustó, tanto tu escrito como las imágenes :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marta!!! Texto escrito, e imagens escolhidas com carinho!

      Excluir
  4. O nome de tudo isso é felicidade. Parabéns! Abraço grande.

    ResponderExcluir
  5. Por que será que o amor tem esse encanto suave e primaveril que embala nossos sonhos e deleita a nossa alma? Que algo tão intangível, mas ao mesmo tempo, tão poderoso, capaz de buscar e possuir o ser amado? Ah! o Amor... Que sentimento tão vigorosamente sublime!
    Parabéns pelo seu post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vigorosamente sublime!!! Essas palavras descrevem perfeitamente o que sinto!

      Excluir
  6. E que possam ambos ser autênticos e verdadeiros, na distribuição do afeto e no respeito mútuo. O amor sobrevive quando é cuidado. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ele realmente possa sobreviver Marilene!!!

      Excluir
  7. Olá Poetisa Nayana
    Linda mensagem em seu versejar. Deixar a individualidade do "eu e você" para ser o "nós".
    Como uma longa estrada de mão dupla, na reciprocidade, o amor acontece no encontro das paralelas.
    Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  8. Quanto amor, bonito de se ler! Gostei do seu blog e sigo. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  9. Escraviza-se aos desejos
    dos nossos corpos...
    Suplica-se o amor!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Realmente lindo!
    E que seja eterno enquanto dure.
    Bjoks

    ResponderExcluir
  11. Lindo seu blog.
    Belas postagens!
    }parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Achar o equilíbrio dentro de uma relação é sempre precioso. Um abraço!!!

    ResponderExcluir