18 de fevereiro de 2013

Desabafo

Imagem - Wassily Kandinsky

Vi minhas bases serem rompidas
A confiança depositada tratada feito sobejo
Vi princípios serem menosprezados
Verdades tornando-se mentiras

Tive meu mundo desmoronando
Caindo sobre mim
Revelando a farsa na qual acreditei
Despindo a máscara que escondia o refugo 

Assim, sonhos atrás de sonhos
Tornaram-se pesadelos
A inocência deu lugar ao rancor
A amargura que hoje dita os desejos
Mágoa que move meus passos.

Sem base certa, sem princípios
Envolta a falsas verdades
Fiquei enfim desiludida
Desisti da vida, de mim.

Entregando ao vão acaso
Os resíduos que ainda compõem
Essa massa tingida de fraudes
Carregada de desculpas e farsas.

Vivi, e vivo, um dia a espera do outro.
Como se o tempo ainda pudesse
Compadecido, curar as feridas
Aberturas por onde vaza a alma...



13/02/2013

18 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Fernando!! Fico feliz que esteja acompanhando!!!

      Excluir
  2. tenho tantas coisas pra te dizer a respeito do seu poema, que não cabe nesse espaço de comentários!!!

    ResponderExcluir
  3. Os colegas é quem sofrem numas horas dessas...nao é? kkkkkk!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esquecer um amor não é fácil, tem que saber suportar este período difícil...mas mudando de assunto, menina você leva jeito para poema...parabéns

      Excluir
    2. Obrigada Marta!!!! Fico muito feliz em ler isso!!!

      Excluir
  4. Passando para conhecer o espaço e já me tornei fã. Um abraço e se gostar de poesias também faça uma visita ao meu espaço - http://tudoepossivel-infinitoparticular.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Você não tem o gadget de seguidores? Não consegui lhe aderir na lista!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que está no pé da página, vou confirmar aqui e se não tiver eu vou incluir!! Abraço e muito obrigada!! Vou visitar o seu também!!

      Excluir
  6. Deixo as minhas saudações poéticas,
    nesta minha 1ª visita!

    ResponderExcluir
  7. Há pesadelos assim...
    Magnífico poema, gostei.
    Nayane, minha querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Se a tristeza vive nos pesadelos, a beleza vive nos versos belos e enche de magia quem lê.
    Muito belo!

    => Crazy 40 Blog
    => MeNiNoSeMJuIz®
    => Pense fora da caixa

    ResponderExcluir